Exame Investigação na hereditariedade da Trombofilia

Informações:

» Mutação no gene da Protrombina (Fator II)
» Mutação no gene do Fator V de Leiden
» Mutação no gene Metilenotetrahidrofolato Redutase (MTHFR C677T)
 

A trombofilia é uma condição hereditária ou adquirida que pode levar um indivíduo ao tromboembolismo. Recentemente, três importantes trombofilias hereditárias foram descobertas como sendo responsáveis pela maioria dos eventos tromboembólicos em pacientes sem risco aparente de trombose: mutação no gene do Fator V de Leiden, mutação no gene da Protrombina, mutação no gene MTHFR (Metilenotetrahidrofolato redutase). Essas mutações podem ser diagnosticadas por um simples exame de DNA. Toda mulher antes de usar anticoncepcionais orais ou engravidar deve realizar esse exame como triagem, pois nesses casos, o risco de trombose pode ser aumentado em até 149 vezes.

Orientações de Coleta:

1 tubo de tampa roxa (EDTA) sangue total (não centrifugar- enviar sangue total em gelo reciclável). Evitar o contato do tubo com o gelo.

Prazo de Entrega do Resultado:

Em até 7 dias úteis*

* em 10% dos casos o resultado poderá ter atraso na data da liberação.

Pré-agendamento:

Processando Agendamento!

Aguarde...

Preencha os campos abaixo e receba em até 24 horas nosso retorno por e-mail.

Obs.: Em caso de urgência, ligue para clínica (16) 3911-8987 e faça seu agendamento.

» Normas do pré-agendamento on-line.

 

* Confira os campos com observações, pois pode ter algum campo em branco ou com preenchimento errado!